Polícia pede mais tempo para conclusão de inquérito sobre acidente na BR-277

Foto: PRF

Foto: PRF

O trágico acidente que matou seis pessoas na BR-277 completa um mês nesta quarta-feira. A polícia Civil pediu a prorrogação do prazo para que o inquérito seja concluído.

O acidente aconteceu no final da tarde de um domingo, 3 de julho, e envolveu um caminhão tanque e outros 12 veículos. O prazo para que o inquérito seja concluído vence nesta quarta-feira.

Mas o delegado responsável pelas investigações, Antônio César Pereira dos Santos, da delegacia de Morretes, disse que faltam alguns elementos essenciais para que as causas do acidente sejam esclarecidas.

Entre eles estão laudos do Instituto Médico Legal (IML) e o depoimento de responsáveis pela empresa proprietária do caminhão, localizada no interior catarinense.

Uma das dúvidas da polícia é sobre um problema nos freios do caminhão-tanque, que tinha sido detectado pelo motorista antes dele seguir viagem.

A tragédia foi na altura do quilômetro 33 da BR-277, já no município de Morretes. O caminhão que seguia no sentido Paranaguá bateu na mureta que divide as pistas e explodiu, atingindo os carros que vinham no sentido oposto.

O motorista não se feriu e chegou a ser preso após prestar depoimento. No entanto, a fiança foi paga e ele foi solto alguns dias depois.

O condutor do caminhão foi autuado em flagrante por homicídio com dolo eventual, mas responderá ao processo em liberdade.

Repórter Fábio Buchmann



Categorias:Polícia

Tags:, , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: