Entrega de Unidade de Saúde no Santa Cândida está dois anos atrasada

Este slideshow necessita de JavaScript.

A entrega de um posto de saúde em Curitiba está mais de dois anos atrasada. A obra é uma parceria do município com o Governo do Estado e está parada desde julho do ano passado.

O cenário é de completo abandono. Nesta quarta feira (3), a reportagem da CBN Curitiba foi mais uma vez até a construção da Unidade de Saúde Jardim Aliança, no Santa Cândida.

Em setembro do ano passado, a reportagem já tinha denunciado o atraso na entrega do posto de saúde. De lá para cá, nenhum avanço. A situação só piorou.

Há tanta pichação nas paredes inacabadas que fica quase difícil enxergar o concreto. Janelas quebradas. O mato no entorno da construção cada vez mais alto. Os tapumes e as grades não impedem a invasão de moradores de rua que às vezes dormem ali.

A dona de casa, Dicleia Ribeiro, mora há algumas quadras de onde é realizada a obra. Ela relata que a única movimentação vista na construção é dos cachorros.

Em 2012, a prefeitura de Curitiba firmou uma parceria com o governo do estado para a construção de cinco unidades de saúde. Três foram entregues. Restam as unidades Campo Alegre, na CIC, e a Jardim Aliança, no Santa Cândida. Na CIC, a obra também ficou meses parada, mas já foi retomada.

Sobre o posto de saúde do Santa Cândida, o município confirma que a obra está parada desde o primeiro trimestre de 2015, e que 72% do projeto já foi executado. A prefeitura alega que a empresa contratada para a obra teve problemas financeiros, agravados por atrasos nos pagamentos do Governo do Estado.

A construtora perdeu o direito da obra em fevereiro deste ano. Desde então, o município fala que tenta retomar as atividades convocando as outras empresas participantes da concorrência inicial.

A previsão inicial era de que em Setembro de 2013 o posto de saúde estivesse pronto. Completamente abandonado, o local coloca em risco a segurança dos moradores.

A estimativa do município é de que, quando for inaugurada, a Unidade de Saúde Jardim Aliança atenda cerca de quinze mil pessoas da região. Enquanto isso, quando precisa de atendimento médico, a população vai até bairros mais distantes e enfrenta ainda enfrenta a superlotação.

A prefeitura diz ainda que, assim que a obra for retomada, a previsão é de que a unidade de saúde seja concluída em cinco meses.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde afirmou que não tem nenhum débito com o município de Curitiba referente à construção de unidades de saúde. De acordo com a secretaria, os pagamentos são feitos conforme a medição da obra. A unidade Jardim Aliança já recebeu cinco das seis parcelas previstas no convênio. O governo esclarece que a sexta e última parcela, será paga quando a unidade estiver com 90% da obra concluída.

Repórter Ana Kruger



Categorias:Cidade

Tags:, , , , ,

1 resposta

  1. Alguém conhece ao menos “uma obra pública” que foi entregue “antes do prazo” e que custou 1% a menos do orçamento previsto?. Bando de aves de rapina, eleitos e infelizmente reeleitos por votantes piores que eles(os políticos). Chega de políticos patifes no poder independente de partido desde vereador até presidente, lugar desses caras é apodrecer no xilindró sem a menor piedade além de deixá-los na maior mer*a financeira.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: