Polícias do Paraná mataram 156 em confrontos no primeiro semestre de 2016

pm pr

156 pessoas morreram nos primeiros seis meses de 2016 em confrontos com policiais no Paraná.

Balanço do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, o Gaeco, mostra que o estado teve 38% mais civis mortos nessas circunstâncias na comparação com o semestre anterior.

156 pessoas morreram durante o primeiro semestre de 2016 em confrontos com policiais no Paraná.

Os dados são de um balanço divulgado pelo Gaeco, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, ligado ao Ministério Público, que tem entre as suas atribuições o controle externo das atividades policiais.

O total de mortes nos seis primeiros meses deste ano é 38% maior do que a estatística registrada no período anterior, entre julho e dezembro de 2015, quando 113 civis morreram em confrontos com policiais.

Na comparação com o mesmo período, janeiro a junho de 2016 teve 16,4% mais mortes nessas circunstâncias do que 2015.

Essas 156 mortes estão oficialmente registradas em boletins de ocorrência encaminhados ao Gaeco pelas polícias Militar, Civil e Rodoviária e ainda pelas Guardas Municipais.

A imensa maioria dos casos de mortes de civis aconteceu em confrontos com a PM: foram 149 nos primeiros meses deste ano. Em contrapartida, no primeiro semestre de 2016, onze policiais militares foram mortos por civis.

O controle estatístico das mortes em confrontos policiais por parte do Gaeco é parte da estratégia do Ministério Público para garantir a correta apuração dos casos e ainda contribuir para a diminuição da letalidade das abordagens e da intervenção policial.

O enfrentamento a mortes em confrontos com forças de segurança faz parte de um programa do Conselho Nacional do Ministério Público, que tem o objetivo de garantir que toda ação do Estado que resulte em morte seja investigada.

Procurada para se posicionar sobre o balanço divulgado pelo Gaeco, a Polícia Militar do Paraná não respondeu.

De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, já foram realizadas reuniões co o comando da PM para discutir estratégias e mudanças que reduzam as mortes.
Repórter Cristina Seciuk

 



Categorias:Paraná

Tags:, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: