Carne de onça pode virar patrimônio cultural de Curitiba

Foto: Gean Cavalheiro/Divulgação

Foto: Gean Cavalheiro/Divulgação

A carne de onça, petisco bastante conhecido em Curitiba, pode se tornar patrimônio cultural de natureza imaterial. É o que prevê um projeto de lei protocolado na Câmara Municipal de Curitiba. No texto, o autor destaca que a carne de onça é o único prato típico de Curitiba e que em nenhuma outra cidade ele é servido como aqui.

A iguaria é servida da seguinte forma: carne moída, sem tempero, colocada sobre uma fatia de broa preta, pimenta, sal, azeite de oliva, cebola e cebolinha.

A lei municipal 14.794/2016 estabelece como patrimônio cultural o conjunto de bens de natureza material e imaterial, públicos ou privados, que façam referência à identidade, à ação e à memória da sociedade.

O colunista da CBN Curitiba e autor do site Curitiba Honesta, Sérgio Medeiros, já fez um roteiro com lugares que servem o prato típico. Ouça aqui.



Categorias:Cidade

Tags:, , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: