MP pede monitoramento de médico acusado de matar a fisiculturista Renata Muggiati

renata-muggiati-facebook

O Ministério Público do Paraná pediu à Justiça que o médico Raphael Suss Marques seja monitorado por tornozeleira eletrônica.

Ele é acusado de matar a namorada, a fisiculturista Renata Muggiati em setembro do ano passado, e responde em liberdade, mas teria descumprido medidas cautelares impostas pela Justiça.

De acordo com informação confirmada pela assessoria de imprensa do Ministério Público, há notícia de uma série de descumprimentos, mas pelo menos dois desses casos estariam documentados e constam dos autos do processo.

Raphael Suss Marques tem que estar em casa até as 9h da noite, horário limite que teria sido desrespeitado, motivando o pedido de monitoramento, feito no final de julho e que ainda não foi respondido.

De acordo com o advogado do acusado, Edson Abdala, não houve descumprimento porque Raphael Suss Marques ainda não foi notificado sobre as medidas.

A fisiculturista Renata Muggiati caiu do apartamento em que morava no centro da cidade em setembro de 2015. A suspeita é de que ela tenha sido asfixiada e atirada já morta da janela do 31º andar pelo namorado.
Já a defesa de Raphael Suss Marques nega o crime e mantém a tese de suicídio.

O médico e namorado de Renata chegou a ficar preso, mas foi liberado por um habeas corpus. O processo corre em segredo de justiça.

Para a próxima semana estão previstas as primeiras audiências, nas quais serão ouvidas as testemunhas.

Repórter Cristina Seciuk

 



Categorias:Paraná

Tags:, , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: