Rinha de galos é fechada no bairro Tatuquara

A Polícia Civil fechou uma rinha de galos que funcionava no bairro Tatuquara, em Curitiba. A ação, acompanhada pela Rede de Proteção Animal, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, aconteceu na tarde desta quarta-feira (10/08), na Regional Tatuquara. Guardas municipais também participaram da ação, que flagrou a atividade criminosa nos fundos de um bar.

No total, foram apreendidas 34 aves: 22 galos, 6 galinhas e 6 pássaros silvestres. Os animais estão sob responsabilidade da Rede de Proteção Animal. O responsável pelo local foi identificado, mas conseguiu fugir. De acordo com as denúncias, a aposta mínima para cada rodada era de R$ 300.

Esta é a quinta rinha de galo identificada e desativada no Município desde 2013, segundo informações da Secretaria do Meio Ambiente. A briga de galos é proibida no país desde a década de 1960. De acordo com o artigo 32 da Lei Federal 9.605/98, o crime é considerado de crueldade, cabendo ação judicial contra o responsável pelo local, bem como multa e pena de prisão, que pode variar de três meses a 1 ano.

Em Curitiba, o dono da rinha também é enquadrado na legislação municipal por maus tratos, de acordo com a Lei nº 13908/11, com multas que podem chegar a R$ 200 mil.

Os animais estão recolhidos na Rede de Proteção Animal e deverão ser encaminhados para adoção responsável, uma vez que são impróprios para consumo pela dieta rica em hormônios, segundo a Rede de Proteção Animal.



Categorias:Polícia

Tags:, , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: