Laudo confirma que corpo encontrado é de policial militar que estava desaparecido

O IML confirmou que o corpo encontrado na manhã deste domingo (14) em um terreno baldio em Araucária, na região metropolitana, é do policial militar Rodrigo Federizzi que estava desaparecido desde o dia 28 de julho.

A esposa do policial permanece presa suspeita de envolvimento no crime. As investigações são conduzidas pela Delegacia de Homicídios.

A prisão temporária da esposa do policial militar foi solicitada depois que a perícia encontrou vestígios de sangue no carro e na casa da família. Na residência, a polícia encontrou ainda uma ferramenta, um arco com serrote, também com indícios de sangue.
Amostras foram coletadas e encaminhadas para análise, que deve confirmar se o sangue é ou não do PM.

O policial foi visto pela última vez no dia 28 de julho, mas a esposa só fez boletim de ocorrência relatando o desaparecimento dois dias depois.

De acordo com informação da Secretaria de Segurança Pública, a esposa do policial é considerada a principal suspeita por crime relacionado ao desaparecimento do policial, mas outros detalhes não devem ser divulgados até o fim das investigações. Os trabalhos estão a cargo da Delegacia de Homicídios.

A esposa do policial está detida desde a noite de quarta-feira; a prisão – temporária – é válida por trinta dias.

 



Categorias:Geral

Tags:, , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: