Prefeito afastado de Foz do Iguaçu, Reni Pereira, tem bens bloqueados pela justiça

Foto: Sandro Nascimento / ALEP

Foto: Sandro Nascimento / ALEP

O prefeito afastado de Foz do Iguaçu, Reni Pereira, que está preso suspeito de comandar um esquema de fraude a licitações no município teve agora os bens bloqueados pela justiça em uma outra ação que não tem nada a ver com a Operação pecúlio, que levou o político à prisão domiciliar.

A decisão da 2ª Vara da Fazenda Pública de Foz atende a um pedido do Ministério Público do Paraná e determina o bloqueio dos bens do prefeito e de mais quatro réus – os valores chegam a 2 milhões e meio de reais.

A ação, que é de 2013, apura a contratação irregular de uma empresa pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Foz do Iguaçu. Segundo a denúncia, a Fundação firmou contrato com uma empresa (que tinha como atividade serviços de estacionamento e lanchonete) para prestar serviços de “recepção, portaria, motorista, telefonista, auxiliar administrativo e assistente social” ao Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

O contrato tinha valor mensal de R$ 347 mil. Um parecer favorável à contratação foi emitido por suposto assessor da Fundação, que o Ministério Público constatou, que nunca foi funcionário da instituição, embora tenha sido indicado pelo prefeito para compor seu departamento jurídico. A indicação, conforme sustenta a ação, teve o objetivo de fraudar o procedimento licitatório, direcionando a contratação da empresa por meio de um processo irregular de dispensa de licitação.



Categorias:Paraná

Tags:, , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: