Justiça prorroga a prisão temporária dos investigados da Operação Hashtag

A Justiça prorrogou a prisão temporária dos 12 investigados da Operação Hashtag, aquela que apura a intenção de brasileiros de atuar junto ao grupo terrorista Estado Islâmico. Segundo a Polícia Federal, dezenas de HDs, telefones celulares, DVDs, CDs e pen-drives aguardam perícia. Além disso, milhares de páginas que relatam as atividades dos investigados nas redes sociais ainda precisam de análise.

A prorrogação autorizada pela 14ª Vara Federal de Curitiba vale para os próximos 30 dias. O juiz federal Marcos da Silva, destacou na decisão a impossibilidade da Polícia Federal em concluir a análise pericial do material no prazo e, por isso, a necessidade de prorrogar a prisão dos investigados.

Ainda no despacho, o juiz afirmou que a avaliação policial do material coletado pela investigação até agora ratificou os indícios apontados, ou seja, de que os investigados defendiam os ideais difundidos pelo grupo extremista Estado Islâmico.

As investigações permanecem em segredo de Justiça.

 



Categorias:Polícia

Tags:, , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: