Moradores de São José dos Pinhais estão há dois anos torcendo pela conclusão de obra da Copa de 2014

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma obra que deveria ter ficado pronta há pelo menos dois anos. Mas, neste período, os moradores da Rua Arapongas precisaram se acostumar com o entulho na frente de casa.

Uma trincheira que deveria passar sob a Avenida das Torres estava prevista no pacote de obras realizadas para a Copa do Mundo de 2014.

Mas a obra foi praticamente abandonada e parte da Rua Arapongas permanece destruída. Desperdício de dinheiro público, que mexe com o dia a dia de quem vive na região.

Guilherme de Lorena, um dos proprietários de um restaurante localizado na Rua Arapongas bem no trecho inacabado, disse que teve que adaptar a rotina no estabelecimento. O movimento no restaurante caiu pela metade desde que a obra foi iniciada, há quase três anos.

Na paróquia do bairro ainda resta esperança. O padre Stanislau garante que não vai desistir de cobrar a conclusão da trincheira.

Para atenuar os transtornos, moradores e comerciantes adotaram a tática da cooperação. O estacionamento da paróquia, por exemplo, está disponível para os frequentadores do restaurante do Guilherme. A igreja é vizinha do estabelecimento.

A responsável pela obra é uma empreiteira que foi contratada por meio de uma licitação. A responsável pelo processo foi a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba, a Comec. O presidente do órgão, Omar Akel, afirma que foram diversas notificações à empresa por causa dos atrasos. Segundo o presidente da Comec, a empresa tem alegado problemas financeiros. O problema é que se houver uma rescisão de contrato, tudo vai voltar à estaca zero.

Isto provocaria ainda mais demora para a conclusão da trincheira. Omar Akel diz que o impasse precisa ser resolvido na base do diálogo e do bom senso.

Se tudo correr dentro do esperado, a Comec estima que a obra seja concluída no máximo até fevereiro de 2017.

Repórter Fábio Buchmann



Categorias:Paraná

Tags:, , , , , , , ,

2 respostas

  1. Alguém sabe de alguma “obra pública que foi concluída antes ou no prazo programado?, conhece alguma obra que “não foi superfaturada”?, com os “gestores públicos dando uma verdadeira cusparada na cara” das pessoas com desviando milhões em recursos em “Termos Aditivos” nos contratos e que o “Tribunal faz de Contas” passa batido ou não quer ver, e infelizmente hoje o TC é mais um “cabide de emprego” para políticos fracassados. Lamentável!.

    Curtir

  2. Esse é o legado da copa, agora vem o legado das olimpíadas.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: