Texto do pacote anticrise deve ser alterado para evitar polêmicas

O novo pacote de medidas de ajuste fiscal do governo deve ser reapresentado na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa. A liderança do executivo diz que alterações devem ser feitas pra evitar polêmica.

As medidas anticrise do governo do Paraná estavam na pauta da CCJ da ultima terça-feira, mas a votação acabou sendo adiada a pedido do próprio líder do executivo para que os outros deputados pudessem analisar os 153 artigos.

O texto , que tramita em regime de urgência, será incluído na sessão da Comissão da semana que vem.

Luiz Cláudio Romanelli (PSB) diz que serão  alterados  pontos que dizem respeito â venda de ações das estatais, que deve render 2 bilhoes  ,  e a criação de duas taxas de controle e fiscalização do aproveitamento da água e de recursos minerais com estimativa de arrecadação de 100 milhões  de reais por ano.


A reunião que deve definir as emendas acontece na segunda-feira , entre o líder os parlamentares da base governista.

O projeto chegou na Assembleia na última segunda-feira. No dia seguinte já estava na comissão que é parada obrigatória, a CCJ.

O tamanho do pacote e a tramitação acelerada foram criticados , inclusive, por  deputados aliados a Beto Richa na Casa .

Felipe Francischini, do Solidariedade, declarou que o projeto é um desrespeito com a população.

O líder do governo na Assembleia defende que a proposta é importante para preservar a capacidade de investimento do Paraná.

Repórter: Andressa Tavares.



Categorias:Política

Tags:, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: