Bancos de leite de Curitiba precisam de doações

Foto: Divulgação SESA

Foto: Divulgação SESA

Os bancos de leite humano de Curitiba precisam de doações. As baixas temperaturas do inverno e a falta de informação colocam em risco o estoque dos hospitais.

No Hospital Evangélico, as doações feitas ao Banco de Leite Humano caem, em média, 30 a 40% nesta época do ano. Para não arriscar a situação dos pequenos pacientes, durante o inverno, o hospital se esforça para manter o estoque necessário.

Segundo o hospital, a quantidade de doações só costuma voltar ao normal a partir de setembro. Em Curitiba existem apenas dois bancos de leite humano. O do Hospital Evangélico e o do Hospital de Clínicas. No HC, a situação não é muito diferente.

Lá, o Banco de Leite Humano conta com dez freezers. Dois já estão vazios. A Chefe do Banco de Leite Humano do Hospital de Clínicas, Maria Celestina Grazziotin, explica que o estoque está no limite.

Os estoques dos bancos de leite são utilizados tanto para bebês prematuros quanto para os que precisam de cuidados especiais. Maria Celestina também é Conselheira Internacional de Aleitamento.
Ela afirma que, assim como acontece com a doação de sangue, o hospital precisa verificar se a mulher pode mesmo ser uma doadora.

Antes de fazer a doação, a mulher precisa receber todas as orientações de higiene, coleta e armazenamento do leite. O leite humano pode ser utilizado até quinze dias após a coleta. Os Bancos de Leite Humano de Curitiba ficam no Hospital Evangélico e no Hospital de Clínicas.

Repórter Ana Kruger



Categorias:Cidade

Tags:, , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: