Polícia Civil fecha fábrica clandestina de placas falsas, em Curitiba

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma fábrica de placas falsas clandestina foi fechada pela Polícia Civil. O espaço ficava no bairro Sítio Cercado em Curitiba.

O material encontrado na fábrica era suficiente para falsificar as placas de até 250 carros. A polícia chegou até o local após prender em flagrante dois homens suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em adulteração de veículos.

A dupla era monitorada pela Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos a cerca de um mês. Nesta quarta feira (24), um dos suspeitos, um homem de 42 anos, foi preso no Xaxim, em Curitiba. Quando ele foi abordado pela polícia confirmou que dois carros encontrados na casa eram clonados.

Com a prisão de um dos suspeitos, a polícia chegou até um segundo integrante da quadrilha. O homem de 26 anos foi preso, também em flagrante, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). No local foram encontrados outros dois carros com chassi adulterado.

O delegado, Wagner Holtz, responsável pelo caso afirma que a fábrica clandestina foi descoberta no Sítio Cercado. O trabalho feito pelos criminosos era bastante minucioso.

Um dos carros clonados apreendidos, um HB20, pertence a um morador de Santa Catarina. A polícia não descarta que pessoas do estado vizinham façam parte da quadrilha.

A dupla vai responder por receptação e adulteração de sinal de veículo automotor.

Repórter Ana Kruger



Categorias:Polícia

Tags:, , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: