Requião e Gleisi condenam impeachment e Álvaro Dias defende saída de Dilma

Fotos: Beto Barata/Agencia Senado

Fotos: Beto Barata/Agencia Senado

No quinto dia de julgamento do processo de impeachment de Dilma Rousseff, os três paranaenses discursaram na tribuna do Senado. Roberto Requião, do PMDB, e Gleisi Hoffmann, do PT, condenaram a saída da presidente, enquanto Álvaro Dias, do PV, defendeu o impeachment.

O primeiro senador paranaense a discursar na tribuna da Casa foi Roberto Requião, do PMDB. Com duras palavras, como “canalhas” e “abutres”, o parlamentar condenou o impeachment e comparou o processo com o golpe de 1964, que instaurou a ditadura militar no Brasil. Ele também falou em uma “guerra civil” no país caso Michel Temer seja efetivado como presidente da República.

O senador encerrou o discurso com trechos da Carta Testamento de Getúlio Vargas. Em agosto de 1954, o então presidente escreveu o documento antes de cometer suicídio.

Único paranaense a defender a saída de Dilma Rousseff, Álvaro Dias, do PV, foi o segundo a discursar. Ele disse que o impeachment é o único caminho para a mudança real desejada pela sociedade. O senador também afirmou que o processo deveria agregar outras acusações contra o Governo, como as ‘pedaladas’ no BNDES e as irregularidades descobertas pela operação Lava Jato.

Álvaro Dias classificou de “patética” a defesa de Dilma Rousseff no Senado. Para o senador, a incompetência administrativa da petista levou a uma crise sem precedentes no país.

A última paranaense a discursar foi Gleisi Hoffmann, do PT, uma das principais defensoras da presidente no Senado. Ela disse que estava indignada com o que chamou de “momento pífio do parlamento”. Na opinião da senadora, o processo de impeachment contém forte dose de misoginia e machismo contra Dilma Rousseff.

A senadora também afirmou que todas as acusações contra Dilma foram “pulverizadas” pela defesa durante o julgamento do processo.

A sessão no Senado será retomada às 11h, com o momento definitivo do julgamento do processo: a votação dos senadores que vai decidir pelo impeachment – ou não – de Dilma Rousseff.

Repórter Tabata Viapiana



Categorias:Política

Tags:, , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: