Alunos do Instituto Federal estão assustados com onda de assaltos

ifpr campus

Estudantes do Instituto Federal do Paraná estão assustados com a onda de violência nas proximidades do local. O instituto fica próximo ao quartel geral da Polícia Militar, mas mesmo assim os assaltos são constantes.

O Instituto Federal do Paraná fica na Rua João Negrão, entre a Avenida Iguaçu e a Getúlio Vargas no Rebouças. Muitos alunos da instituição, se não foram vítimas da violência, já presenciaram ou sabem de pelo menos um caso de colegas que foram assaltados.

O quartel geral da Polícia Militar fica a poucas quadras do local. Mesmo assim não tem sido suficiente para inibir a ação dos ladrões. Renata Barancoski, aluna do curso técnico em massoterapia, viu um colega sendo vítima de um bandido quando passava de carro pela Avenida Silva Jardim. O fato ocorreu perto do meio-dia.

No ano passado estudantes realizaram um protesto, fechando a João Negrão, por causa dos assaltos. Muitos alunos dependem do transporte público, e geralmente são abordados perto da estação tubo da Praça Eufrásio Correa. Como o problema não foi resolvido, muitos preferem não ser identificados ao falar sobre a violência.

De acordo com informações repassadas pela Assessoria de Imprensa da instituição, a Polícia Militar tem realizado palestras com os estudantes justamente por causa dos assaltos.

Nas conversas com os alunos, os policiais têm falado constantemente sobre a importância de fazer os boletins de ocorrência junto à Polícia Civil. Os dados servem como base para a elaboração do mapa da violência na região.

Fábio Buchmann



Categorias:Polícia

Tags:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: