O que esperam os curitibanos do governo a partir de agora?

Foto: Ana Kruger / CBN Curitiba

Foto: Ana Kruger / CBN Curitiba

Assim que o Senado confirmou o impeachment de Dilma Rousseff, a reportagem da CBN foi às ruas saber quais foram as primeiras reações dos curitibanos.

Em várias partes da cidade, as manifestações foram reforçadas com buzinas e fogos de artifício assim que o impeachment de Dilma Rousseff foi aprovado pelo Senado. Muita gente comemorou a saída da presidente, como é o caso de Roselice Muniz, que participou de muitos atos favoráveis ao impeachment. Ela estava trabalhando quando soube do afastamento definitivo da petista.

Por outro lado, também teve curitibano que lamentou o impeachment, como Suzi Marquini.

Marcos Gonçalves acompanhou todo o julgamento do impeachment, desde o início, e acredita que o momento, agora, é de incerteza. Ele defendeu a manutenção dos direitos políticos de Dilma Rousseff e disse que puni-la dessa maneira seria muito cruel.

Para alguns curitibanos, o impeachment pode aumentar o interesse da população pela política. A maquiadora Zilda de Almeida acredita que o brasileiro está mais esperto e vai fiscalizar os políticos com mais rigor daqui pra frente.

Segundo o advogado Fabiano Milani, os reflexos do impeachment já devem ser sentidos nas eleições de outubro.

O estudante Bruno Moreira pensa diferente e não acredita que os eleitores estarão mais maduros na hora de decidir o voto por causa do processo de impeachment.

Curitiba também teve dois protestos após a confirmação do impeachment – um a favor e outro contra a saída de Dilma Rousseff. Mais manifestações devem ser realizadas nos próximos dias.

Repórter Tabata Viapiana



Categorias:Política

Tags:, , , , , ,

1 resposta

  1. Eu acho isso aqui:

    “(…) Algo ali em meados de 2005 se perdeu, e com ele levou os cabeças do partido, àqueles que tinham o bom senso de separar utopia da realidade. Hoje o partido tem a segunda maior legenda com filiados, entretanto 95% são pseudo intelectuais de rede sociais, artistas nascidos em berço de ouro, pseudo ativistas e fora os alienados, todos usando religiosamente a estrela vermelha no peito e brigando com quem não concorda (Ou torce?) como se fosse um time de futebol. Cada uma destas minorias que infestaram o partido defendem seus interesses em troca de favores que fogem totalmente do que foi um dia foi a essência do Partido dos Trabalhadores. ”

    http://rezenhando.wordpress.com/2016/09/02/quando-o-pt-degringolou/

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: