BRASÍLIA, DF, BRASIL, 30-09-2014, 09h30: Bancários entram em greve nesta terça-feira (30). (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
BRASÍLIA, DF, BRASIL, 30-09-2014, 09h30: Bancários entram em greve nesta terça-feira (30). (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em assembleia realizada nesta quinta-feira (01), mais de 250 bancários de Curitiba e região aprovaram por unanimidade uma greve por tempo indeterminado.

A paralisação está marcada para começar na próxima terça-feira, 06 de setembro. A categoria rejeitou a proposta da Federação Brasileira dos Bancos, a Febraban, que ofereceu reajuste salarial de 6,5%

Segundo os bancários, o índice de reposição está abaixo da inflação, provocando perdas de 2,8% nos salários. De acordo com o Sindicato que representa a categoria, a federação se limitou a contemplar somente cláusulas econômicas, com uma oferta de abono de R$ 3 mil.

Os bancários argumentam que existe uma extensa pauta de reivindicações que envolvem saúde, condições de trabalho e segurança que foi ignorada.

De acordo com o presidente do sindicato, Elias Jordão, problemas antigos como o assédio moral ainda acontecem nas agências. Outra questão é a instabilidade no setor relacionada aos postos de trabalho.

A categoria volta a se reunir em assembleia no dia 05 de setembro. No entanto, a greve só será suspensa caso a Febraban apresente nova proposta para ser colocada em votação.

Repórter Fábio Buchmann

Deixe seu comentário