Com tornozeleira, “Japonês da Federal” é visto novamente em escoltas de presos da Lava Jato

japones da federal

O agente Newton Ishii, conhecido como Japonês da Federal, voltou a aparecer em escoltas de presos da Lava Jato. Ele foi condenado a quatro anos e quatro meses de prisão por facilitar a entrada de contrabando no Brasil – mas cumpre a pena em regime semiaberto, com tornozeleira eletrônica.

O agente que ficou nacionalmente conhecido como “Japonês da Federal” foi visto na segunda-feira, escoltando o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, durante a realização do exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal, e na manhã de hoje, na chegada do pecuarista José Carlos Bumlai à superintendência da Polícia Federal.

Foram as primeiras aparições do agente em atividades externas da Lava Jato desde que foi preso, no início de junho. Ele foi condenado a quatro anos e dois meses de prisão em um processo da Operação Sucuri, deflagrada em 2003, acusado de corrupção e por facilitar a entrada de contrabando no Brasil pela fronteira com o Paraguai.

A condenação de Newton foi confirmada pelas instâncias superiores e não havia mais possibilidade de recursos. Por isso, a sentença foi executada. Na ocasião, Newton passou apenas dois dias na cadeia. A Justiça autorizou o agente a cumprir a pena em regime semiaberto com uso de tornozeleira eletrônica. Ele deve permanecer em casa das 23h às 5h e também nos finais de semana. Além disso, está proibido de sair de Curitiba, mas pode trabalhar normalmente.

Por isso, Newton continua realizando atividades internas na PF e, nesta semana, foi visto em público junto com investigados da Lava Jato. A curiosidade é que, hoje, tanto o agente como o pecuarista José Carlos Bumlai estavam com tornozeleiras eletrônicas quando chegaram à superintendência da PF, no bairro Santa Cândida.

Newton Ishii ganhou notoriedade em todo o país por acompanhar os presos da Lava Jato em procedimentos, como escoltas e exames de corpo de delito no IML. Logo recebeu o apelido de “Japonês da Federal” e virou até marcinha de carnaval e boneco de Olinda.

Repórter Fábio Buchmann



Categorias:Polícia

Tags:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: