Durante a Operação Independência, que aconteceu entre a terça-feira (6) e o domingo (11), a Polícia Rodoviária Federal registrou 11 mortes, 163 pessoas feridas e 172 acidentes.

Também foram flagrados 102 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas e 5,1 mil imagens de veículos acima da velocidade máxima permitida. Na BR 376, em Maringá, na Avenida Colombo, um carro foi flagrado a 162 Km/h. A velocidade máxima permitida no local é de 60 Km/h.

Foto: PRF
Foto: PRF

No total foram 217 veículos recolhidos ao pátio da PRF, por diferentes irregularidades.

No mesmo período do ano passado, foram registradas 15 mortes em estradas do Paraná, 225 feridos e 220 acidentes. Ao contrário do ano passado, o feriado não foi prolongado na maioria das cidades paranaenses.

Não houve mortes por atropelamento ou colisões frontais, de acordo com a PRF, esse é um fato que pode ser ligado ao uso do farol baixo em rodovias. Mesmo provisoriamente suspensa pelo Justiça Federal, a recomendação tem sido seguida pelos motoristas mesmo durante o dia.

Foto: PRF
Foto: PRF

O acidente mais grave registrado pela PRF foi na BR 369 em Santa Mariana, no norte do Paraná. Três pessoas morreram e quatro ficaram feridas. Um carro que levava dois homens fez uma ultrapassagem proibida, invadiu a pista contrária e bateu de frente com outro carro, dirigido por uma mulher. Os três envolvidos no acidente morreram no local. Outros dois carros foram atingidos na sequência. Um deles ocupado por um casal de idosos, que foram socorridos com lesões graves.

Deixe seu comentário