Foto: Colaboração ouvintes

Moradores de Curitiba e região ficaram assustados nesta terça-feira (13) com a intensidade das chamas na Refinaria da Petrobrás em Araucária. Ventos fortes danificaram um compressor de gases dentro da unidade.

O fogo na Refinaria Presidente Getúlio Vargas, em Araucária na Grande Curitiba, é constante com a queima de gases. Mas intensidade das chamas assustou moradores em diversos bairros da capital paranaense.

Por causa do tempo nublado durante a noite, era possível ver o reflexo do fogo nas nuvens. Muitos ouvintes mandaram vídeos e fotos sobre o clarão que iluminou a noite curitibana nesta terça-feira.

Foram moradores de diversas regiões, inclusive próximos do Centro da capital paranaense. O administrador Valdeir Belafronte disse que foi alertado pela esposa sobre o clarão.

Ele descreveu a cena como uma gigantesca vela. Valdeir estava no bairro do Rebouças, próximos da Praça Eufrásio Correia.

A esposa, Fabiana Nascimento, que é professora, disse que percebeu a intensidade das chamas em plena luz do dia, por volta das duas da tarde.

Roberto Mendes viu as chamas do bairro Capão Raso em Curitiba. Ele também pensou se tratar de um incêndio de grandes proporções.

A Petrobras informou por meio da assessoria de imprensa que na tarde desta terça-feira a forte ventania que atingiu a região danificou o compressor de gases da Unidade de Craqueamento da Refinaria Getúlio Vargas, gerando a necessidade de manutenção do equipamento.

Como parte dos procedimentos de segurança, comuns neste tipo de planta industrial, os gases da unidade foram enviados para a tocha, para que fosse feito o descarte seguro.

A Petrobras ressalta que não houve riscos ou danos às pessoas, meio ambiente e instalações, e o reparo está em andamento para retomada da produção da unidade ainda nesta quarta-feira. Também não houve impacto ao suprimento de combustíveis atendido pela Repar.

Repórter Fábio Buchmann

Deixe seu comentário