Foto: reprodução Facebook
Foto: reprodução Facebook

Um candidato à prefeitura de Foz do Iguaçu foi preso temporariamente nesta quarta-feira. Túlio Bandeira, que já disputou as eleições para o governo estadual, é acusado pela polícia civil do Mato Grosso por associação criminosa.

Túlio Bandeira (PROS) foi preso por volta das 10h por policiais civis do Mato Grosso, com o apoio da Polícia Civil de Foz do Iguaçu.

Ele estava cumprindo agenda de campanha quando foi detido. A acusação é de associação criminosa. Segundo as investigações, Tulio Bandeira seria o líder de uma quadrilha que invadia e expulsava agricultores ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, assentados em terras no município de Brasnorte-MT.

De acordo com a polícia, os homens agiam com muita violência. As ações teriam ocorrido há cerca de 15 dias. A prisão temporária vale por cinco dias. Outras duas pessoas foram presas acusadas de participação no esquema.

Túlio Bandeira já disputou duas eleições, mas não se elegeu. Em 2002, foi candidato a deputado estadual. Em 2014, disputou o Governo do Paraná. A CBN tentou um contato com Túlio Bandeira, mas até o fechamento desta reportagem ninguém tinha sido localizado

Repórter Fábio Buchmann

Deixe seu comentário