Foto: TRE
Foto: TRE
Foto: TRE

As urnas que vão ser usadas em Curitiba nestas eleições já começaram a ser lacradas. O procedimento é fiscalizado pela Justiça Eleitoral e deve demorar uma semana.

Só em Curitiba, quase quatro mil urnas estão sendo preparadas para as eleições de outubro. Em todo o Paraná, são cerca de 26 mil unidades.

Nesta quinta feira (15), os Cartórios Eleitorais de Curitiba começaram a carregar as urnas com todos os dados dos candidatos e dos eleitores. O processo é minucioso. Cada passo é fiscalizado pela Justiça Eleitoral.

Em uma sala do Tribunal Regional Eleitoral, as centenas de urnas ficam dispostas em várias mesas. As informações são inseridas no equipamento com um cartão de memória, como explica a chefe da 1ª Zona Eleitoral, Mônica Turchenski.

O carregamento dos milhares de cartões de memória com as informações dos candidatos e dos eleitores foi concluído na manhã desta quinta feira (15). Logo em seguida, o material começou a ser inserido nas urnas. Tudo é codificado. Cada cartão de memória terá que ser colocado em um equipamento pré-determinado. Já testadas, e com todas as informações, as urnas são lacradas.

Ao ser lacrada, a urna só volta a ser ligada no sábado anterior ao dia da eleição para ser testada. A urna eleitoral é programada para só receber votos das 8h até às 17h.

Tanto a geração das mídias quanto a lacração das urnas são abertas ao público.

Nas outras cidades do Paraná, cada Cartório Eleitoral tem um próprio cronograma de geração de mídia e lacração. Até o dia 27 de setembro, segundo o Tribunal Regional Eleitoral, todas as urnas estarão prontas para o dia das eleições.

Repórter Ana Kruger

Deixe seu comentário