Foto: Arquivo Detran
Foto: Arquivo Detran

A cada minuto, dois motoristas são flagrados acima da velocidade no estado. Esta é a infração mais cometida pelos paranaenses.

De acordo com o Departamento de Trânsito do estado (Detran), somente nos primeiros oito meses do ano foram quase 651 mil multas emitidas por este motivo. O número é equivalente a 2 mil e 700 infrações por dia – duas a cada minuto.

Das três infrações que envolvem a ultrapassagem da velocidade, descritas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a situação mais frequente no Paraná é transitar acima da máxima permitida em até 20%. Foram 548.416 multas entre janeiro e agosto. Em seguida, aparece transitar entre 20% até 50% acima do permitido, com 93.264 registros.

Dirigir acima de 50% da velocidade máxima indicada somou 9.272 notificações. Apesar de ser menos comum, é a mais perigosa, considerada infração gravíssima e punida com sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação e multa de R$ 574,62. Resulta ainda na suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão da CNH.

Em Curitiba, o número de autuações deste tipo entre setembro de 2015 e julho deste ano, chega a 367 mil e 731.

As irregularidades foram constadas em lombadas eletrônicas e radares da cidade.

O especialista em segurança no trânsito, Jota Pedro Correa, alerta que o excesso de velocidade diminui a capacidade de reação por parte do motorista em situações adversas.

A tarefa de convencer os motoristas apressados a pisarem mais no freio é difícil, avalia o especialista.

Até o dia 25, o Detran apresenta a campanha Nacional “Perigosamente no Transito” que trata dos perigos da pressa, do celular ao volante e da combinação desastrosa álcool e direção.

Repórter Andressa Tavares

Deixe seu comentário