Nesta quarta-feira (21), policiais civis realizam uma paralisação nacional de 24 horas. O ato começou às 8h de hoje e segue até as 8h de amanhã. A convocação foi feita pela Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis, em parceria com os sindicatos regionais.

Segundo a categoria, neste período, as delegacias específicas funcionarão apenas para flagrantes e emergência. O registro de ocorrências e as investigações estarão suspensos.

O vice-presidente do Sinclapol – entidade que representa os policiais civis no Paraná -, Fábio Barddal, explica o motivo da paralisação nacional.

Esta é a terceira paralisação do ano feita pela categoria no Paraná. As outras duas aconteceram e agosto. Os policiais reivindicaram a realização de concurso público para o cargo de escrivão, a aprovação do estatuto da Polícia Civil e a substituição de coletes balísticos vencidos. Nos atos do mês passado, os trabalhadores também protestaram contra políticas do governo estadual para a segurança pública.

A Polícia Civil se manifestou por meio da assessoria de imprensa, e disse que os serviços funcionam normalmente e que a corporação respeita as manifestações dos trabalhadores.

Repórter Ana Krüger

Deixe seu comentário