Esse belo texto é do Padre Fábio de Mello, com pequenas alterações.
“Que você consiga uma casa maior, mas que quase todos os cômodos fiquem vazios por sua família estar reunida ao redor de uma única mesa.
Que você compre o carro dos sonhos, mas que ele fique na garagem alguns dias enquanto você caminha de mãos dadas no parque com o teu amor.
Que você compre uma TV enorme, 4K, mas que ela fique desligada durante as refeições.
Que sua conta bancária esteja recheada, mas, sobretudo, que você tenha no bolso um ou dois reais para comprar algodão doce e saboreá-lo no banco da praça.
Que você jante em badalados restaurantes para descobrir que a maior chef está na tua casa.
Que você tenha um excelente plano de saúde, mas que não precisar usá-lo.
Que sua internet seja de altíssima velocidade, mas que sua melhor rede seja aquela pendurada entre duas árvores, onde você possa ouvir os pássaros cantarem.
Que você tenha um smartphone de última geração, mas que não precise usá-lo para dizer aos teus o quanto eles são especiais. E que use mais as pontas dos dedos para fazer cafunés do que para mandar e-mails.
Que você possa comprar boas roupas, bolsas e relógios, mas que sua verdadeira marca seja a “inspiração” deixada pelos lugares que passa.
E que, conquistando tudo o que quer, descubra que mais importante do que aquilo que tem, é o que você faz com o que tem.”

1 Comentário

Deixe seu comentário