fotorcreated-segundo-turno

Curitiba conheceu o resultado da eleição pouco mais de uma hora após o fechamento das urnas. Rafael Greca (PMN) e Ney Leprevost (PSD) vão disputar o segundo turno no próximo dia 30. O atual prefeito Gustavo Fruet teve aproximadamente 20% dos votos válidos e ficou fora da disputa.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), os números finais foram divulgados exatamente uma hora e oito minutos depois das 17h, quando ocorreu o encerramento da votação.

A capital paranaense tem 1.289.204 eleitores. O índice de comparecimento foi de 83,56%. Brancos e nulos somaram 13,78%. Rafael Greca (PMN) teve a preferência de 38,38% do eleitorado, ou seja, 356.539 votos.

Ney Leprevost (PSD) teve 219.727, o equivalente a 23,66% dos votos válidos. Gustavo Fruet, que tentava a reeleição, recebeu 186.067 votos, ou 20,03%.

Maria Victória (PP) apareceu na quarta posição, com 52.576. Requião Filho (PMDB) teve 52.017 votos, Tadeu Veneri (PT) teve 39.758, Ademar Pereira (PROS) teve 11.489 e Xênia Mello (PSOL) recebeu 10.683. Já Afonso Rangel (PRP) não teve votação porque a candidatura dele havia sido impugnada.

Os candidatos que foram ao segundo turno concederam entrevistas durante a votação. Antes de votar em um colégio estadual no bairro do Batel, Rafael Greca cantou o hino de Curitiba e confiava na vitória ainda no primeiro turno.

Ney Leprevost votou em um clube no bairro de Santa Felicidade. Ele confiava na ida ao segundo turno e criticou Institutos de Pesquisa de opinião, como o IBOPE.

Após o resultado final, Greca disse que ainda não pensa em alianças para o segundo turno.

Já Ney Leprevost afirmou que vai continuar adotando a mesma estratégia de campanha, focando na apresentação de propostas.

De acordo com assessoria dos candidatos, a segunda-feira será de reuniões internas para definir o alinhamento das campanhas neste segundo turno.

Repórter Fábio Buchmann

Deixe seu comentário