Foto: TSE
Foto: TSE

Os três candidatos derrotados em Curitiba no primeiro turno das eleições, que ocupam cadeiras na Assembleia Legislativa, ainda não decidiram quem vão apoiar no segundo turno.

A deputada estadual Maria Vitória (PP) que ficou em quarto lugar no primeiro turno de Curitiba, com 5,66% dos votos (52.576), disse que será decidido até a semana que vem quem vai ganhar o apoio dela neste segundo turno: Ney Leprevost (PSD), que tem na retaguarda o secretário estadual Ratinho Jr; ou Rafael Greca (PMN), que conta na coligação com o PSDB do governador Beto Richa. A mãe dela, Cida Borguetti, é vice governadora do Paraná.

Com 559 votos a menos que Maria Vitória, o colega de parlamento Requião Filho (PMDB) fechou o primeiro turno em quinto lugar. Foram 52.017 votos ou 5.60%.

O parlamentar informou que não apoia ‘de jeito algum’ Rafael Greca. A hipótese de subir no palanque de Ney Leprevost não esta descartada, mas a decisão está com o partido.

Tadeu Veneri (PT) ficou no sexto lugar em número de votos na disputa pela Prefeitura de Curitiba, com 38.758 votos ou 4.28% e foi taxativo ao dizer: a dupla que disputa a prefeitura da capital paraense não terá o seu apoio. Mas o martelo será batido pela legenda.

Repórter Andressa Tavares

Deixe seu comentário