Um dos delegados que atua na operação Lava Jato em Curitiba vai lançar dois livros na semana que vem. Um deles é sobre atuação da polícia judiciária, e outro sobre colaboração premiada, que teve o prefácio escrito pelo juiz Sérgio Moro.

O delegado Márcio Adriano Anselmo, que atua na operação Lava Jato desde o início, vai lançar dois livros na semana que vem. Um deles é uma organização de artigos escritos por um grupo de delegados da Polícia Federal e da Polícia Civil do Paraná, do Rio de Janeiro e de Santa Catarina. A obra foi batizada de “investigação criminal pela polícia judiciária”.

O segundo livro é de autoria individual e se chama “colaboração premiada: o novo paradigma do processo penal brasileiro”. Márcio Anselmo explica que a obra não foi inspirada apenas na operação Lava Jato, mas sim no entendimento do Supremo Tribunal Federal com relação à lei da colaboração premiada.

O livro sobre delação tem prefácio do juiz Sérgio Moro. De acordo com o delegado, o magistrado é uma das pessoas que mais entende de colaboração premiada, e por isso, foi convidado para escrever o prefácio da obra.

Além de Márcio Anselmo, o livro “investigação criminal pela polícia judiciária” também reúne artigos do delegado da PF, Rodrigo Carneiro, e dos delegados da Polícia Civil Henrique Hoffman, Leonardo Machado, e Ruchester Marreiros. O prefácio é do professor e juiz federal Alexandre Moraes da Rocha.

Os dois livros serão lançados em Curitiba na próxima terça-feira, dia 11 de outubro, a partir das 19 horas, na Escola Superior de Polícia Civil, que fica na rua Tamoios, número 1.200, no bairro Portão.

Repórter Tabata Viapiana

Deixe seu comentário