Foto: PC PR

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mais de 1 mil pedras de crack foram apreendidas na manhã desta quarta-feira (5) pela Polícia Civil, em uma operação realizada pelo COPE – Centro de Operações Especiais, no bairro Cajuru, em Curitiba.

De acordo com a Polícia Civil duas mulheres foram presas em flagrante e 1.350 pedras de crack, que estavam embaladas e prontas para venda. Elas responderão por tráfico de drogas, podendo pegar até 15 anos de prisão.

Além da dupla, outras três pessoas foram encaminhadas para o COPE e assinaram Termos Circunstanciados por uso de drogas e foram liberadas em seguida. Outros dois adolescentes também foram apreendidos na ação e encaminhados para a Delegacia do Adolescente.

Foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão. Além da droga, também foi apreendida uma motocicleta da marca BMW, avaliada em R$ 80 mil, com mais de R$ 4 mil em multas e dívidas. Em outro local, a polícia encontrou também uma bicicleta GT Avalanche, avaliada em R$ 3 mil. Nenhum dos suspeitos souberam explicar a origem da moto ou da bicicleta.

A ação faz parte da Operação Impacto que reúne forças de segurança do Estado, e Secretaria de Segurança Pública do Paraná para coibir crimes patrimoniais, como furtos e roubos.

1 Comentário

  1. Lá se vão os anéis, mas ficam os dedos. Claro que o poderoso narcotráfico vai mandar “seus advogados muito bem pagos” entrar com medidas legais para que em pouco tempo esses vermes estejam nas ruas fazendo tudo de novo. Solução: Cemitério com a importação das leis da Indonésia.

Deixe seu comentário