Pelo terceiro dia seguido, metalúrgicos da Volvo paralisam produção da fábrica da CIC

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pelo terceiro dia consecutivo, os metalúrgicos da Volvo paralisam a produção da fábrica da Cidade Industrial de Curitiba. A categoria reivindica uma reposição salarial baseada em 100% do INPC, o índice nacional de preços ao consumidor.

Sem avanço nas negociações com a empresa, os metalúrgicos da Volvo, da fábrica da CIC, entraram hoje no terceiro dia seguido de paralisação. A decisão de manter a produção parada foi tomada em assembleia, na manhã de hoje. A categoria protesta por um aumento salarial que corresponda à reposição da inflação.

Segundo Nelson de Souza, vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, a Volvo estaria oferecendo apenas metade da inflação do período medida pelo INPC, o índice nacional de preços ao consumidor. Os trabalhadores entendem que o índice significa perda salarial e pedem 100% do INPC. Como forma de protesto, eles decidiram paralisar a produção da fábrica até, pelo menos, a próxima segunda-feira.

A fábrica da Volvo na CIC emprega cerca de 3.200 trabalhadores, sendo 1.800 da produção. Antes da paralisação, a produção diária estava em 35 caminhões pesados, 12 médios e cinco ônibus, de acordo com o sindicato. Os 180 trabalhadores do centro de distribuição de peças da Volvo, em São José dos Pinhais, também estão parados. Ali, o protesto começou na segunda-feira.

O sindicato afirmou que está aberto para negociar uma solução que não seja prejudicial nem para os trabalhadores, e nem para a empresa. Até o parcelamento do reajuste salarial não está descartado. Mas, por enquanto, não foi marcada uma nova mesa de negociação com a direção da Volvo.

A Volvo informou que lamenta a paralisação, realizada num momento difícil da economia brasileira e do setor de transportes. A empresa afirmou que essa é a pior crise que enfrenta desde que se instalou no país. Por isso, dentro desse cenário, só há condições de oferecer um aumento salarial de 50% do INPC.

Segundo a montadora, quando o mercado estava bom, os ganhos sempre foram compartilhados com os funcionários. Nos últimos dez anos, o aumento real concedido aos trabalhadores chegou a 40%. A Volvo disse que oferece salários e benefícios acima da média do mercado. Porém, desde o ano passado, as vendas despencaram cerca de 70%, o que inviabiliza um aumento salarial maior em 2016.

Repórter Tabata Viapiana



Categorias:Geral

Tags:, , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: