Delatores são interrogados em Curitiba em ação que pede cassação da chapa Dilma/Temer

Dois delatores da operação Lava Jato são interrogados nesta terça-feira na ação que pede a cassação da chapa de 2014 de Dilma Rousseff e Michel Temer. O processo tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O doleiro Alberto Youssef e o ex-senador Delcídio do Amaral prestam depoimento como testemunhas da ação. A audiência começou às 9h, no Tribunal Regional Eleitoral em Curitiba. Youssef chegou escoltado pela Polícia Federal, porque ainda está preso. Já o ex-senador entrou pela garagem do prédio, sem contato com a imprensa.

Youssef e Delcídio são representados pelos mesmos advogados, responsáveis pelos dois acordos de delação premiada. Justamente por serem colaboradores, eles não podem ficar em silêncio e precisam responder as perguntas do ministro Herman Benjamin, relator do caso no TSE. O ex-senador foi o primeiro a ser ouvido.

A ação foi proposta pelo PSDB, que alegou abuso de poder político e econômico na disputa presidencial de 2014, e ainda acusou a campanha de Dilma e Temer de ter usado propina desviada da Petrobras. Outros delatores da Lava Jato também já prestaram depoimento na mesma ação, como o dono da UTC, Ricardo Pessoa, o ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo, o ex-vice-presidente da Camargo Correa, Eduardo Leite, e os lobistas Zwi Skornicki e Julio Camargo.

Eles confirmaram ao Tribunal Superior Eleitoral terem repassado propina para a campanha de 2014. Os colaboradores, no entanto, disseram que não receberam qualquer pedido de repasses ilícitos por parte de Dilma ou de Temer. Aos investigadores da Lava Jato, Delcídio do Amaral também afirmou que a campanha presidencial foi abastecida com dinheiro desviado da Petrobras.

Repórter Tabata Viapiana



Categorias:Polícia

Tags:, , , , , , , , , , , , ,

1 resposta

  1. Tudo uma podridão só. Políticos patifes, empresários lixo, sociedade com uma maioria de ignorantes e outra que só quer levar vantagem em tudo. A história universal mostra que o ser humano muda ou por amor e na maioria das vezes pela dor, derramando muito sangue e lágrimas. E se esse for o preço para termos um novo país para as futuras gerações?.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: