Reprodução Facebook UPES

Nesta sexta-feira, a Coordenadoria de Processos de Seleção da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) comunicou o adiamento do Vestibular deste ano.

As provas estavam marcadas para ocorrer em 31 cidades. A decisão se deve à ocupação de escolas da rede estadual que seriam utilizadas para a realização do concurso. São 3.618 inscritos, concorrendo a 2.620 vagas.

De acordo com o coordenador geral da Coordenadoria, Edson Marchinski, a decisão de adiar as provas ocorreu para não prejudicar os candidatos.

O secretário chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, chegou a anunciar a suspensão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Paraná por causa das ocupações. Mas a Secretaria Estadual da Educação afirmou em nota que “Em vista das ocupações em escolas da rede pública estadual, a Secretaria de Estado da Educação (SEED) está em tratativas com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o Inep, para que os estudantes paranaenses não sejam prejudicados. As provas do Enem estão marcadas para os dias 5 e 6 de novembro”

A rede estadual têm 350 mil estudantes matriculados no ensino médio. Um terço desse total está cursando o último ano.

Repórter Fábio Buchmann

Deixe seu comentário