Governador leva a ministro da Educação demandas dos paranaenses sobre reforma do ensino médio

Foto: Orlando Kissner / ANPr

Foto: Orlando Kissner / ANPr

O governador Beto Richa e a secretária de Estado da Educação Ana Ceres estão em Brasília nesta terça-feira (18) para levar as demandas dos paranaenses relacionadas à reforma do ensino médio. A secretária afirmou que o resultado das consultas realizadas no estado será apresentado ao ministro da Educação, Mendonça Filho.

Foram realizados mais de trinta seminários na última sexta-feira, que reuniram, segundo o Governo, cerca de 16 mil paranaenses, entre estudantes, pais, grêmios estudantis, professores, funcionários, pedagogos e diretores, além de técnicos da Secretaria da Educação. Dos 32 Núcleos Regionais de Educação, apenas um não conseguiu realizar o seminário.

A secretária afirma que, agora, a expectativa do governo é pela desocupação das escolas, já que a gestão Richa cumpriu a sua parte e abriu um canal de discussões com a comunidade escolar.

Segundo o movimento “Ocupa Paraná”, são 642 escolas e dez universidades ocupadas em todo o estado. Os alunos protestam contra a reforma do ensino médio proposta pelo Governo Federal através de uma medida provisória.

Repórter Tabata Viapiana



Categorias:Geral

Tags:, , , , ,

1 resposta

  1. A melhor resposta que o ministro da educação de Temer poderia receber.

    Pessoal vamos compartilhar para que chegue a esferas superiores.

    Palavras do Ministro da Educação:
    “Eles (os professores) têm férias de 45 dias, aposentadoria especial, descanso pedagógico, piso nacional e até lanche grátis. Que outro trabalhador possui tantas regalias? É preciso enxugar tudo isso ou o país continuará quebrado”…

    Texto de autoria de Mari Fernandes— professora do Estado de São Paulo:

    Caro Senhor Ministro e burocratas do MEC:
    O que leva nosso país à falência, não são nossos 45 dias de férias!
    O que fale o Brasil são as férias dos políticos, os recessos brancos e o 14º salário que abocanham, sem descontar imposto de renda!
    Aposentadoria ESPECIAL, quem tem são vocês políticos, que trabalham alguns anos em Brasília e incorporam os salários.
    Nossa aposentadoria…. Vem depois de 25 anos de MUITO trabalho, 60 horas por semana, se queremos dar uma vida digna aos nossos filhos! E se não for funcionário público, o professor aposenta com no máximo quatro mil e pouco, e diga-se de passagem, mal dá para o remédio porque depois de 25 anos trabalhando 60 horas,com certeza estaremos todos BEM debilitados!
    Nosso descanso pedagógico, não é nada comparado aos quatro dias que senadores e deputados NÃO trabalham. Em nosso descanso pedagógico, corrigimos provas, redações, projetos, elaboramos provas. Ah! Na maioria das vezes, imprimimos as provas em casa naquela impressora que compramos dividida em 10 vezes em nosso cartão de crédito! Ao contrário dos políticos, não temos gráficas pagas com o dinheiro do povo.
    Não temos dias livres para participar de festinhas de São João em nossos estados, aliás, vamos a festas de São João sim, mas aquelas em que fazemos rifas em nossas escolas para proporcionar um pouco de alegria as comunidades onde atuamos!
    Piso nacional? Bem isso é privilégio dos políticos , Deuses do Olimpo, que decidem quando vai aumentar os próprios salários e quanto vão ganhar!
    O lanchinho de GRAÇA? Deixe-me contar uma novidade… Talvez os Senhores, com toda sua sabedoria, talvez não saibam… Muitos de vocês nunca pisaram em uma sala de aula, professores fazem vaquinha para comprar até o café que tomam nas escolas!
    Quanto as regalias, bem fico meio sem graça de expor a vida de milionários que levamos. Nossas regalias se restringem a: levantar 5 horas da manhã, trabalhar até às 11 da noite…. Sim muitos de nós trabalhamos três turnos!
    O terceiro turno, trabalhamos para pagar a gasolina que os políticos usam, a casa onde moram, as passagens de avião, a gráfica que utilizam, os correios para enviar cartão de aniversário para seus eleitores, o colégio caro que os filhos frequentam na Europa, o carro importado que dirigem, as roupas de grife que usam e os lanchinhos que comem, que ao contrário do nosso, custa, por mês, a faculdade de uma vida inteira de nossos filhos.
    Não senhor Ministro e senhores burocratas comissionados, não se preocupem! Os professores não levarão este país a falência, sabe por quê? Porque se depender da consciência política de nossos representantes, ele já está falido. Sim, esta falência atribuímos a todos os deputados, senadores, prefeitos e governadores que fazem da política uma carreira e não sabem que não existe dinheiro público, existe dinheiro do povo!
    Muito indignado com esta escolha mal feita de colocar um sagnario peixeiro para ser Ministro da Educação.
    Um país que economiza custos para Educação, Saúde Habitação não representa ser patriota sendo assim não merece nosso respeito é um desajustado social e mental falar uma sadice desta.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: