Procon investiga prática abusiva em preço de ingresso do último Atletiba

Foto: Coritiba.com.br

Foto: Coritiba.com.br

O Procon Paraná instaurou um procedimento administrativo contra o Atlético Paranaense para apurar se houve prática abusiva na venda de ingressos para a torcida do Coritiba no clássico Atletiba do último domingo, realizado na Vila Capanema. Foi cobrado R$ 200 por cada bilhete para os visitantes – sendo que, normalmente, a diretoria do rubro-negra cobra R$ 150 por ingresso.

Segundo a advogada do Procon, Alane Borba, as denúncias contra o Atlético foram feitas por torcedores do Coritiba e até pela própria diretoria do clube.

O Procon já expediu a notificação ao Atlético Paranaense. Assim que o documento for recebido, o clube terá dez dias para apresentar a defesa. Em seguida, os técnicos do Procon analisam o caso. Se for constatado que houve prática abusiva no preço dos ingressos, o Atlético pode ser multado. Os valores vão de R$ 600 até oito milhões.

Depois que o Atlético estipulou o preço de R$ 200 no ingresso, a diretoria do Coritiba abriu mão das entradas e instalou um telão no Couto Pereira para os torcedores acompanharem a partida. Cerca de dez mil alviverdes compareceram ao estádio. Enquanto isso, na Vila Capanema, dez torcedores do Coxa optaram por ver o jogo ao vivo, mesmo ao valor de R$ 200.

Repórter Tabata Viapiana



Categorias:Cidade

Tags:, , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: