Contrato emergencial para manutenção de semáforos ainda não foi concluído pela Prefeitura

Foto: Everson Bressan / SMCS

Foto: Everson Bressan / SMCS

A Prefeitura ainda não finalizou o contrato emergencial com uma empresa para manutenção dos semáforos da cidade. O serviço continua sendo feito por equipes da Secretaria de Trânsito. Nesta quarta-feira (30), ouvintes da CBN relataram problemas em semáforos no Alto da XV.

Ainda não foi finalizado o contrato emergencial que a Prefeitura de pretende firmar com uma empresa para a manutenção dos semáforos da cidade. O anúncio da medida foi feito há mais de um mês, mas segundo a Prefeitura, o contrato ainda está sendo analisado pela Procuradoria Geral do Município. Trata-se de um trâmite interno padrão para todos os contratos formulados pelas secretarias.

Enquanto a contratação da empresa não é oficializada, a Secretaria Municipal de Trânsito, a SETRAN, continua responsável serviço com equipes próprias. Mas os problemas permanecem e as reclamações dos motoristas são frequentes. Nesta quarta-feira, ouvintes da rádio CBN relataram semáforos em alerta no Alto da XV.

O empresário Daniel Cordeiro passou por volta das 8h pelo cruzamento das ruas Sete de Abril e Reinaldino Quadros. O semáforo estava desligado e o trânsito ficou complicado. Ele disse que não havia agentes da SETRAN no local.

Outro ponto com problema pela manhã foi na Reinaldino de Quadros com a Ubaldino do Amaral – que é o trajeto diário da fisioterapeuta Eney Silva. Com os semáforos desligados, ela disse que ficou difícil atravessar o cruzamento, além de aumentar o risco de acidentes.

A Prefeitura alega que está com problemas na conclusão da licitação justamente para contratar a empresa que fará a manutenção permanente dos equipamentos. A Setran diz que tenta resolver o assunto desde 2015, mas o processo vem sendo adiado por sucessivos pedidos de impugnações apresentados pela empresa responsável pelo serviço anteriormente e que não venceu a licitação mais uma vez. A solução encontrada pela Prefeitura foi realizar o contrato emergencial, que ainda não foi concluído.

Repórter Tabata Viapiana



Categorias:Cidade

Tags:, , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: