Proposta das 10 medidas do MPF é agora “pró corrupção”, diz representante de Associação de Juízes

Foto: Andressa Tavares / CBN Curitiba

Foto: Andressa Tavares / CBN Curitiba

Cerca de 60 juízes e promotores participaram do ato que durou cerca de meia hora.

Com a ajuda de um microfone e uma caixa de som, alguns deles falaram sobre o projeto anticorrupção que, no entendimento do grupo, foi completamente desconfigurado na Câmara Federal.

A proposta das 10 medidas do Ministério Público Federal, que teve o aval de mais de 2 milhões de brasileiros, se tornou “pró corrupção” declarou o vice-presidente da Associação Paranaense dos Juízes Federais, o juiz federal Nicolau Konkel Jr.

A proposta incorporada ao texto numa sessão da madrugada da Câmara que motivou o ato prevê punições por crime de abuso de autoridade a magistrados, procuradores e promotores.

As movimentações no Congresso são retaliações à Operação Lava Jato disse Konkel Jr.

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Paraná, Ivonei Sffogia, falou em “espirito revanchista”.

O protesto em frente ao local de trabalho do juiz Sérgio Moro aconteceu um dia após os procuradores da Lava Jato, em entrevista coletiva, anunciarem que haverá uma renúncia coletiva à Força Tarefa se a proposta, chamada por eles de “intimidação de juízes e procuradores” entrar em vigor.

Repórter Andressa Tavares



Categorias:Geral

Tags:, , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: