Coluna de Renato Follador: igualdade homem e mulher

Muitos me perguntam se acho correto que homens e mulheres tenham a mesma idade mínima para aposentadoria.
Resposta: sim. A minha opinião baseia-se na demografia. A mulher vive, no Brasil, em média, 5 anos a mais que os homens. Ou seja, recebe aposentadoria por mais tempo. E isso é mérito delas, pois se cuidam mais, vão ao médico com mais regularidade, são mais previdentes e, psicologicamente, mais preparadas para encarar a velhice.
Mulheres e homens se aposentam com a mesma idade em 60% dos países.
Alemanha, Islândia e Noruega têm idade mínima de 67 anos, Estados Unidos, Portugal e Irlanda 66 anos, Austrália, Canadá, Dinamarca e Finlândia 65 anos, Grécia e Hungria 62 anos, França 61 anos e Bélgica 60 anos.
Agora vem o outro ponto: e quanto ao tempo de trabalho, a outra carência para uma aposentadoria? Aí, acho que as mulheres devem trabalhar menos tempo que os homens. Ninguém desconhece a dupla jornada delas, a necessidade de estar perto dos filhos nos seus primeiros anos, de cuidar da casa e, portanto, adentrarem mais tarde ao mercado de trabalho.
Deve haver uma diferença de 5 anos entre o tempo mínimo de trabalho de um homem e de uma mulher. Se for 35 anos para o homem, para a mulher deveria ser 30 anos.
Resumo: contribui com 5 anos a menos e recebe, pela longevidade maior, 5 anos a mais. Dez anos de vantagem previdenciária.



Categorias:Renato Follador - Previdência

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: