Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Morreu no final da manhã desta quarta-feira Dom Paulo Evaristo Arns, cardeal e arcebispo emérito da Arquidiocese de São Paulo.

O religioso foi também o idealizador da Pastoral da Criança, instituição que ajudou a construir ao lado da irmã, Zilda Arns, morta em 2010, vítima de um terremoto no Haiti.

O sobrinho de Dom Paulo, Nelson Arns Neumann, que atualmente ocupa a coordenação nacional da Pastoral no Brasil e está também à frente da Pastoral da Criança Internacional, conta sobre as últimas conversas com o tio, já na UTI.

Nelson Arns Neumann diz que Dom Paulo fazia questão de saber sobre o andamento das atividades da Pastoral, que ajudou a criar, nos anos 1980, a partir de uma sugestão do diretor executivo do Unicef.

O sobrinho de Dom Paulo e coordenador da Pastoral afirma que do tio fica a lição para manter a coragem. Segundo ele, é nessa inspiração que o grupo vai seguir no trabalho semeado pelo tio.

Dom Paulo tinha 95 anos de idade e estava internado desde o dia 28 de novembro, em decorrência de problemas respiratórios.

Repórter Cristina Seciuk

Deixe seu comentário