Coluna de Renato Follador: Perda de tempo

Perda de tempo!
Você, amigo ouvinte, já parou para pensar quanto tempo perdemos na vida?
No trânsito, por exemplo. Eu perco, todo dia, pelo menor uma hora.
Na fila do banco, quando não conseguimos pagar algo pela Internet, ou na fila do supermercado?
No Facebook, então? E esperando lugar no restaurante no fim de semana? Nos casamentos, as noivas que acham chique chegar uma hora atrasadas?
Pois se tem alguma coisa que acho que vale ouro é tempo, e nós o desperdiçamos todos os dias de nossa vida. Tempo perdido é uma das poucas coisas que nunca mais poderemos achar.
Tempo em que poderíamos estar visitando e conversando com nossos pais, tempo que poderíamos usar para pegar nossos filhos na escola, tempo para fazer um exercício físico, tempo para simplesmente relaxar ou dormir, tempo para rezar ou tempo somente para observar o desvario das pessoas correndo em busca de coisas que nem sabem.
Certa vez comentei aqui que o verdadeiro objetivo de uma previdência privada é comprar antecipadamente tempo para depois de aposentado. Tempo para não fazer nada ou para se dedicar a um hobby, para viajar, para fazer, enfim, o que quiser sem precisar trabalhar para se sustentar.
Perguntem a um idoso se ele preferiria receber R$ 1 milhão ou 10 anos a menos na idade para saber a importância do tempo.



Categorias:Renato Follador - Previdência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: