Foto: Sindimoc
Foto: Sindimoc
Foto: Sindimoc

A greve parcial no transporte coletivo de Curitiba atinge principalmente linhas atendidas pela empresa São José Filial. Todos os ônibus da empresa não circularam nesta manhã.

A empresa São José Filial atende 27 linhas nas regiões do Centro de Curitiba, Leste e Sul da capital, além de bairros de São José dos Pinhais.

Segundo o Sindimoc, que representa os trabalhadores, eles não receberam também o adiantamento salarial do mês de dezembro. Segundo o presidente do Sindicato, Anderson Teixeira, outras quatro empresas também não pagaram os funcionários: a Tamandaré Filial, Tamandaré Matriz, Campo Largo e CCD. Um indicativo de greve foi aberto.

O Setransp, que representa os empresários que atuam no setor, informou em nota que tentou, por vários dias, alertar sobre as consequências dos atrasos nos repasses da Urbanização de Curitiba (Urbs).

De acordo com o Setransp, a Urbs e a Prefeitura de Curitiba, embora cientes há tempos do problema, não conseguiram resolver o chamado “nó do transporte”.

O Setransp alega ainda que a Urbs deveria repassar R$ 4,6 milhões às empresas, mas só transferiu R$ 850 mil. O órgão gestor deve, portanto, R$ 3,8 milhões, referentes ao serviço já prestado nos dias 14, 15, 16, 17 e 18.

Repórter Fábio Buchmann

Deixe seu comentário