Fruet rebate críticas de Greca e afirma que Osmar Dias é principal nome para Governo do Paraná

gustavo-fruet

Em entrevista à rádio CBN Curitiba, o prefeito Gustavo Fruet rebateu as críticas do eleito Rafael Greca e disse que o início da nova gestão é “triste e baseado em factóides”. Para o prefeito, há uma falência no atual sistema político do país, que vai refletir diretamente nas próximas eleições, em 2018. Ainda segundo Fruet, o principal nome para o Governo do Paraná é o ex-senador Osmar Dias, que é do mesmo partido do prefeito.

O prefeito Gustavo Fruet esteve nos estúdios da rádio CBN nesta terça-feira e fez um balanço dos quatro anos em que esteve à frente da Prefeitura de Curitiba. Ele disse que deixa o cargo de cabeça erguida e com a consciência tranqüila de ter feito o melhor trabalho possível. O prefeito justificou o decreto que estabeleceu recesso na administração municipal nos dias 28, 29 e 30.

A medida foi criticada pelo prefeito eleito Rafael Greca, que chamou de “triste fim” para a atual gestão. Fruet rebateu e disse que triste é o início do mandato de Greca.

 

Sem mandato a partir de primeiro de janeiro, Fruet pretende descansar, estudar e realizar palestras. Ele garante não estar de olho nas eleições de 2018. Mas já projetou alguns cenários. Para o Governo do Paraná, acredita que o principal nome é o do ex-senador Osmar Dias, que é do mesmo partido de Fruet, o PDT.

 

No cenário nacional, Fruet comentou a possibilidade do senador Álvaro Dias, do PV, um político paranaense, concorrer à presidência em 2018.

 

Na opinião de Fruet, o Brasil enfrenta uma falência do sistema político, que reflete, por exemplo, na aprovação dos gestores de todo o país. O próprio Fruet deixa a Prefeitura com 63% de rejeição dos curitibanos, segundo levantamento do Instituto Paraná Pesquisas. Para o prefeito, trata-se de um “apequenamento do modelo político”.

Repórter Tábata Viapiana



Categorias:Política

1 resposta

  1. O melhor lugar para essas velharias é depois de tomarem seus remédios, irem cuidar da hortinha no fundo do quintal. Chega de políticos velhos ou melhor: raposas velhas no poder. É imperioso colocar novas cabeças, com idéias modernas, estadistas e comprometidos com a sociedade com o absoluto respeito ao dinheiro do contribuinte, fazendo o melhor com o menor custo em tudo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: