Foto: Divulgação/Hospital Evangélico
Foto: Divulgação/Hospital Evangélico

Mesmo em crise e com o atendimento de emergência suspenso, o Hospital Evangélico garante que vai atender os queimados nesta virada de ano.

O setor, que é referência, não foi impactado pelos problemas financeiros da instituição.

 Problemas de insuficiência de caixa mantêm o Evangélico fechado para atendimentos ao Siate e Samu, mas pacientes vítimas de queimaduras são atendidos normalmente no hospital.

De acordo com o interventor Carlos Motta, a ala de queimados, que é referência nesse tipo de tratamento, não sofreu com a redução nos serviços, motivada pela falta de recursos.

O atendimento na maternidade de alto risco também foi mantido.

Atualmente cerca de 130 pacientes estão internados nos dois setores.

Bastante demandada na virada do ano, por causa de acidente com fogos de artifício e rojões, a ala de queimados está com insumos garantidos para o atendimento neste 31 de dezembro, diz Motta.

Após a virada do ano a expectativa é por melhoria nas condições de caixa da instituição. O interventor afirma que existe a possibilidade de retomada de serviços que foram suspensos já em janeiro.

Repórter Cristina Seciuk

Deixe seu comentário