Foto: Reprodução Facebook Marcelo Araújo
Foto: Reprodução Facebook Marcelo Araújo
Foto: Reprodução Facebook Marcelo Araújo

O advogado e ex-secretário de trânsito de Curitiba Marcelo Araújo se apresentou às autoridades nesta terça-feira (03) para o cumprimento da ordem de prisão preventiva expedida contra ele em 30 de dezembro.

Acusado de extorsão, ele se entregou no Fórum Criminal de Curitiba, e foi levado para o Complexo Médico Penal.

Marcelo Araújo se apresentou espontaneamente, de acordo com o advogado dele Gustavo Sartor de Oliveira.

Ele estava em liberdade apesar do decreto que determinava a sua prisão, mas de acordo com a defesa, não poderia ser considerado foragido. Segundo a defesa, ele só foi notificado da decisão na noite de segunda-feira (02).

Apesar de Marcelo Araújo ter se apresentado, o advogado dele defende que não haveria mais fundamentos para a prisão.

Marcelo Araújo foi preso temporariamente no dia 20 de dezembro, na operação Lomax, mas conseguiu um habeas corpus e foi solto na véspera de Natal. Ele é acusado de extorquir empresários, políticos e até celebridades de TV, junto com o bruxo Chik Jeitoso, que também está preso. Os valores dos crimes chegariam a R$ 5 milhões.

Conforme as investigações, os dois cobravam o dinheiro para não publicar acusações e denúncias contra as vítimas em blogs e nas redes sociais.

O advogado de Marcelo Araújo nega todas as acusações e afirma que nada ficará provado.

A defesa do vidente Chick Jeitoso também nega o envolvimento dele em qualquer esquema criminoso.

Repórter Cristina Seciuk

Deixe seu comentário