12828958_980584822020622_1732366481854726648_o

A Sociedade Protetora dos Animais de Curitiba vai desocupar nas próximas semanas o imóvel da rua Professora Sandália Monzon, no bairro Santa Cândida, em Curitiba. No dia 02 de janeiro, a instituição assinou contrato para locação de outro imóvel no mesmo bairro, na Estrada Nova de Colombo, para instalação da clínica veterinária. Além disso, cerca de 300 animais que aguardam adoção já estão sendo levados para uma chácara na região metropolitana.

Desde 1996, há mais de 20 anos, existe uma ação no Ministério Público para fechamento da sede por causa da quantidade de animais no local, além do proprietário do imóvel ter solicitado a desocupação em dezembro de 2009. Há dez anos, a instituição comprou uma chácara em Colombo, mas somente em 2016 conseguiu construir uma estrutura básica para receber os animais.

Para a mudança ser concretizada, ainda faltava um espaço para a clínica veterinária, o que foi definido na semana passada. Agora, a Sociedade deve mudar oficialmente de endereço em até duas semanas, segundo a presidente Soraya Simon.

A ação no Ministério Público foi aberta por reclamação dos vizinhos da Sociedade. No dia seguinte à assinatura do contrato de locação do novo imóvel, Soraya já comunicou os promotores sobre a mudança definitiva da sede.

A Sociedade Protetora também precisa de ajuda e doações para as duas novas sedes – a chácara em Colombo, mas principalmente, a clínica veterinária.

As informações para quem quiser ajudar a instituição estão no site spacuritiba.org.br.

Repórter Tabata Viapiana

Deixe seu comentário