Internado há uma semana, o prefeito Rafael Greca recebeu alta nesta segunda feira. Nesta semana ele deve permanecer em repouso e retorna à prefeitura no dia 16.

Estas foram as primeiras palavras do prefeito de Curitiba, Rafael Greca, ao receber alta nesta segunda feira (9). Após ficar uma semana internado devido a uma tromboembolia pulmonar ele deixou o Hospital Marcelino Champagna por volta das 15h.

Acompanhado da esposa Margarita e do médico José Eduardo Marquesini, que o atendeu, ele concedeu uma rápida entrevista coletiva à imprensa. Greca afirma que nesta semana deve permanecer em casa, em repouso. Na próxima semana deve retornar as atividades na prefeitura.

O tratamento deve seguir pelos próximos seis meses. O médico José Eduardo Marquesini receitou anticoagulantes e sessões diárias de fisioterapia. Segundo ele, a rotina da campanha eleitoral de Greca levou ao quadro de tromboembolia.

Na coletiva de imprensa, Greca também falou sobre investimentos em saúde, como a compra de medicamentos. A aquisição dos produtos foi feita com o dinheiro que seria utilizado para a realização da Oficina de Música. O prefeito disse ainda que vários hospitais do SUS receberam repasses que estavam pendentes.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, nesta semana foram resgatados R$17,3 milhões que estavam sendo gastos com outras áreas que não a saúde. A dívida com os hospitais do SUS soma R$ 25 milhões. O restante do pagamento, R$ 7,7 milhões, deve ser feito ainda neste mês.

Repórter: Ana Krüger.

Deixe seu comentário