cachorro-foto-ebc

A prefeitura de Curitiba anunciou que pretende castrar, em média, 15 mil animais a cada ano da atual gestão. O serviço deve ser retomado ainda este mês.

A meta de castrações anunciadas pelo prefeito de Curitiba, Rafael Greca, é mais do que o dobro do número de procedimentos realizados a cada ano da gestão anterior.

O município pretende castrar 15 mil cães e gatos, por ano. Nos últimos quatro anos, a média anual era de 7 mil. A meta é ousada, mas segundo a diretora do departamento de pesquisa e conservação da fauna, Márcia Arzua, é possível. A estrutura responsável pelo serviço deve ser ampliada e parte vai ser terceirizada.

Quando o serviço de castração municipal de cães e gatos for retomado, as regiões mais pobres de Curitiba devem ser as primeiras a ser atendidas.

De acordo com a prefeitura, além da castração, vão ser reforçadas as ações educativas de estímulo à adoção e guarda responsáveis, e de fiscalização para coibir criadouros irregulares e os maus tratos aos animais.

Repórter Ana Kruger

Deixe seu comentário