Saúde recomenda vacina contra febre amarela para quem viajar para regiões de risco

vacina-hpv

Foto: EBC

A secretaria de Saúde do Paraná fez uma recomendação para que as equipes municipais reforcem o trabalho de vacinação contra a febre amarela na rede pública em relação às pessoas que viajam para regiões de risco.

O motivo é o alerta emitido pelo Ministério da Saúde, referente a um possível surto de febre amarela em 21 cidades de Minas Gerais. Até o momento, pelo menos 110 casos suspeitos foram notificados, com 30 mortes em investigação. As ocorrências foram registradas na área rural, mas há o risco da doença também ser reintroduzida no meio urbano.

Desde 1942, nenhum caso nessa situação é registrado no país. De acordo com a Divisão Estadual de Imunização, o Paraná é reconhecido por boas coberturas vacinais.

A vacina está disponível nas unidades de saúde pelo sistema público e deve ser tomada até dez dias antes da viagem para que o organismo possa produzir os anticorpos necessários. Para garantir a imunidade, são necessárias pelo menos duas doses ao longo da vida, sendo que o reforço é aplicado 10 anos após a primeira.

No calendário básico, a vacina contra a febre amarela é indicada para crianças aos nove meses de idade e depois um reforço aos quatro anos, mas qualquer pessoa maior de seis meses pode tomar a vacina na rede pública até os 60 anos. Nestes casos, é preciso ser residente ou ter viagem marcada para Áreas com Recomendação da Vacina.

A febre amarela é uma doença infecciosa grave, que, se não tratada rapidamente, pode levar à morte em cerca de uma semana. Na área rural ela é transmitida por mosquitos silvestres, e a urbana é transmitida pela picada do Aedes aegypti, o mesmo da dengue.

No Brasil, as áreas de risco são os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, incluindo as capitais. Também é recomendada a vacinação para áreas de matas e rios da Bahia, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Repórter Andressa Tavares



Categorias:Geral, Sem categoria

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: