img-20170119-wa0007
Foto: Luciano Pereira / colaboração Fabiana Dangui

Um casal de estudantes universitários vem chamando a atenção de motoristas na região do Jardim das Américas. Com dinheiro contado, mas de casamento marcado para dezembro, os jovens acharam uma solução simples e bem humorada de garantir uma folga no orçamento para a festa.

Fabiana Danguí, de 20 anos, e Rower Ferreira da Silva, de 25, moram na região de Curitiba há alguns anos, mas são naturais da cidade de Pinhão.

Os dois já se conheciam quando vieram para a capital, após as aprovações no vestibular, mas nem namoravam na época.

Ele chegou primeiro, para cursar educação física da UTFPR. Já Fabiana se mudou para cá depois de garantir uma vaga para o mesmo curso, mas na UFPR. E é perto do campus onde a moça estuda que o casal exibe parte do figurino que sonha usar para entrar na igreja:

O casal vende bombons em um semáforo na região. Quem deu a sugestão foi um amigo do Rower, que já fez isso também.

A Fabiana e o Rower colocaram a ideia em prática há duas semanas, todas as sextas e sábados. Véu na cabeça, gravata no pescoço e nas mãos a lousa com o pedido: “compre bombom e ajude-nos a casar”.

A reação, dizem eles, é sempre positiva, mas sobra piadinha.

O objetivo do casal é mesmo garantir uma grana extra, reforço de caixa para que toda a festa caiba no orçamento, dentro do tempo.

Até agora o casal só acertou com a cerimonialista, o buffet para recepção, vestido, terno, alianças… ainda está tudo pendente… A expectativa e a correria são para conseguir quitar as despesas com o dinheiro dos chocolates, que rendem uns 200 reais de lucro por saída.

Os futuros profissionais da educação física noivaram em 2015, mas não marcaram a data justamente por falta de verba para o casório. Agora a intenção é garantir que a festa sai até o final do ano. Como a Fabiana disse: faltam 327 dias.

Repórter Cristina Seciuk

Deixe seu comentário