Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil

Moradores de Curitiba que precisam da emissão do RG ou de uma segunda via enfrentam dificuldades para agendar o serviço junto ao Instituto de Identificação do Paraná.

Os relatos são da inexistência de vagas para agendamento online e nenhuma resposta que sinalize a possibilidade de solução para o problema.

Dalva Maria Gabardo Cardoso procurou pela CBN Curitiba e reclama que as tentativas para agendar horário são freqüentes e já se arrastam por dias, sem sucesso.

Dalva perdeu a carteira de identidade há dois anos, e agora está mais insistente nas tentativas para emiti-lo porque o outro documento de identificação que ela passou a usar no lugar do RG está para vencer.

Conforme informa o site do Instituto de Identificação, os atendimentos nos postos de Curitiba são feitos apenas com agendamento, por isso Dalva afirma que procurou descobrir os motivos da dificuldade por telefone.

Em nota, o Instituto de Identificação do Paraná reconheceu a grande procura para agendamento via internet do documento, mas fez um apelo à população: para que não deixe de comparecer aos horários marcados.

De acordo com o IIPR, mais de 30% dos agendamentos realizados online acaba ficando vago por causa do não comparecimento, o que atrapalha em muito o serviço.

Ainda conforme o Instituto, para otimizar o atendimento foi implantada a segunda via rápida, que pode ser solicitada pela internet para documentos com até cinco anos de emissão.

Outra maneira de agilizar os atendimentos é a realização de mutirões, em todos os sábados de janeiro, com agendamento também online.

O Instituto de Identificação do Paraná produz mais de dois mil RGs por dia, 30% desse total em Curitiba e região.

 

Repórter Cristina Seciuk

Deixe seu comentário