Empresa paga o vale atrasado e motoristas e cobradores encerram greve

Foto: Sindimoc

Foto: Sindimoc

Motoristas e cobradores de uma empresa de ônibus de Curitiba paralisaram as atividades por aproximadamente três horas na manhã desta segunda-feira. O motivo da mobilização foi o atraso no pagamento dos vales, que deveria ter caído na conta dos trabalhadores até sexta-feira. A empresa já quitou os débitos e os ônibus voltaram a circular.

Motoristas e cobradores de ônibus da CCD decidiram cruzar os braços na madrugada desta segunda-feira em protesto contra o atraso no pagamento do vale, que deve cair na conta dos trabalhadores até o dia 20 de cada mês, conforme a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria. A empresa fez o repasse no início da manhã, os funcionários receberam o dinheiro, e por isso, decidiram retornar ao trabalho por volta de 8h30. Os ônibus já voltaram a circular.

A CCD opera 34 linhas nas regiões central e leste da capital – algumas importantes, como o Inter 2 e o Interbairros II. A empresa tem 700 funcionários. Apesar do pagamento do vale, os trabalhadores da CCD já aprovaram, em assembleia, um indicativo de greve visando um possível atraso no salário de janeiro, que deve ser pago até o quinto dia útil de fevereiro, como explica o presidente do Sindimoc, o sindicato da categoria, Anderson Teixeira.

Havia risco de greve em outra empresa da Grande Curitiba, a Tamandaré Filial, que também estava com o vale atrasado. Mas, em assembleia, os trabalhadores decidiram aguardar o pagamento, que deve ser realizado ainda nesta segunda-feira. Do contrário, novos protestos devem ser organizados.

Pelo Facebook, o prefeito Rafael Greca criticou a mobilização da categoria. Ele disse que não havia motivo para greve, pois a Urbs pagou as empresas na última sexta-feira, dentro do prazo legal. As assessorias de comunicação da CCD e da Tamandaré Filial informaram, em nota, que receberam o repasse na sexta-feira, dia 20, por volta do fim do expediente bancário e, com isso, não houve tempo hábil para transferir o dinheiro para os trabalhadores. Ainda segundo a nota, a verba seria transferida nesta segunda-feira tão logo fosse possível realizar a operação bancária.

Essa foi a segunda mobilização do ano em parte do transporte coletivo da Grande Curitiba. No último dia 10, os trabalhadores da CCD e da São José Filial paralisaram as atividades em protesto contra o atraso no pagamento dos salários de dezembro.

Repórter Tabata Viapiana



Categorias:Cidade

Tags:, , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: